Charuto Senderos Robusto

Os charutos Senderos são feitos pela antiga fábrica Siboney, mas seu blend é completamente diferente, uma vez que agora não são mais feitos no Brasil mas sim na Nicarágua. Os charutos continuam assinados pelo agrônomo Genádio Borges, um dos maiores entendedores de tabaco do Brasil.

Vamos a degustação:
Um charuto bem recheado e bem construído, logo nas primeiras puxadas nota-se um tabaco equilibrado com aromas de terra úmida e ervas.

O tabaco tem fortaleza média e não mostrou nenhuma irritação na garganta, o retrogosto é seco e o charuto queima bem com uma fumaça não tão densa mas ainda sim agradável.

Tentei fumar o charuto bem lentamente para não esquentá-lo demais mas senti um leve amargor no terço final, mas bem moderado. O sabor é agradável e mostra um tabaco mais jovem, que ficaria mais agradável com um ano de guarda dentro do umidor.

Conclusão, um charuto bem feito, com aromas puxando a terra e ervas, sabor equilibrado e agradável mas com tabaco muito jovem o que lhe conferiu um leve amargor no terço final. Nota 8,7.

8.7

Muito Bom

Esqueceu a senha