Charuto H. Upmann Robusto Añejado

Hoje vamos avaliar um charuto da linha Añejado, ou seja, um charuto envelhecido.

A primeira distinção que é bom fazer é que todos os charutos têm seu tabaco maturado, ou seja, envelhecido por um tempo, que normalmente é de 1 ou 2 anos, mas nesta linha da Habanos o charuto é envelhecido depois de enrolado e colocado na caixa.

Este charuto, por exemplo está com a caixa datada em Setembro de 2011 (veja foto). Isso mesmo, um charuto que foi colocado na caixa em 2011, ou seja, esse tabaco teve ter tido 1 a dois anos de maturação, foi enrolado, colocado na caixa e está sendo vendido 7 anos depois.

Mas vamos a degustação:

Aroma a frio muito especial, na caixa o aroma é sutil mas muito agradável.

Tiro firme, as primeiras puxadas mostram um tabaco extremamente suave e nada de agressividade na garganta ou na língua. Um leve aroma secundário de chocolate no ar, e um retrogosto levemente adocicado, é um tabaco realmente especial.

O primeiro terço se foi e o charuto queima com perfeição, não apagou nenhuma vez, a cinza está bem firme, fumaça abundante e cremosa.

Terceiro terço: já estou quase no final do charuto e estou muito bem impressionado, sabor constante e delicioso, riqueza de aromas secundários como cacau, frutos secos, fumaça abundante e sabor sensacional, que degustação prazerosa. Um dos melhores charutos degustados no ano. Uma obra prima de tabaco!

Pontos Positivos

  • Muito Saboroso
  • Tabaco Delicado ao Paladar
  • Riqueza de Aromas
9.7

Excelente

Esqueceu a senha